A terceirização de frotas é uma atividade que pode trazer diversos benefícios para uma empresa, apesar de ainda gerar dúvidas se é, realmente, a melhor opção.

Em grande parte, isso se dá pela insegurança que existe em descentralizar a gestão e deixar as operações por conta de um terceiro.

Pensando nisso, resolvemos mostrar algumas vantagens e falar como elas afetam positivamente o seu negócio. Continue com a leitura e confira agora mesmo!

1. Foco nas atividades mais importantes

Toda empresa possui processos que não estão diretamente ligados à sua atividade principal, ou seja, aquela que gera receita para o negócio.

Por exemplo, um comércio varejista de móveis possui o foco nas vendas, mas pode oferecer serviços de montagem e entrega — que não são uma forma de vendagem, mas fazem parte do negócio.

Isso também vale para outras questões como limpeza e conservação, contabilidade, recrutamento, entre outras.

Nesse sentido, a terceirização permite que essas atividades sejam realizadas por outra empresa, que possui conhecimento e experiência na área, e faz com que se possa focar no que realmente agrega valor para seus clientes e contribui para aumentar o faturamento.

2. Redução de custos

Outro grande benefício da terceirização de frotas é a possibilidade de conseguir reduzir os custos. E essa redução pode ser alcançada de diversas formas, dentre elas:

  • a empresa deixa de investir em ativos, como a compra de veículos;
  • eliminação dos custos com manutenções;
  • a empresa não sofre com a depreciação;
  • a infraestrutura e o quadro de funcionários pode ser menor;
  • possibilidade de contratar motoristas autônomos — e eliminação dos custos com encargos trabalhistas, como FGTS, férias e 13º, por exemplo.

2.1. O que se deve saber ao contratar motoristas autônomos

A Resolução ANTT nº 3.658/2011 determina questões relacionadas ao Pagamento eletrônico de Frete e uma delas é a criação do Código Identificador da Operação de Transporte (CIOT), que regulamenta a remuneração dos motoristas autônomos.

No entanto, para que as empresas possam contar com essa opção na hora de fazer a contratação do serviço, é necessário se habilitar junto à ANTT. Nesses casos, o pagamento deve ser feito por meio de crédito em conta bancária, ou outro meio que seja regulamentado pela agência.

3. Controle simplificado dos processos

Com a terceirização de frotas, a empresa deixa de se preocupar com questões que citamos acima: manutenção dos veículos, aquisição dos caminhões, entre outras. Isso faz com que as atividades como essa sejam de responsabilidade do parceiro de negócios, responsável pelo fornecimento.

Assim, ao mesmo tempo em que se tem menos processos sob a sua gestão, o controle deles se torna mais simples — haja vista que basta acompanhar o desempenho da frota.

4. Aumento da eficiência operacional

A eficiência pode ser definida, de maneira resumida, como a capacidade de ser produtivo e conseguir o melhor rendimento possível, gerando o menor gasto e o mínimo de erros.

No que diz respeito à terceirização de frotas, torna-se possível manter uma operação com menos problemas — sem a preocupação de manutenções, por exemplo — ao mesmo tempo em que se economiza (redução de custos).

A terceirização de frotas é uma excelente opção para empresas que buscam otimizar a área de transporte, alcançando resultados melhores — principalmente relacionados às finanças.

Gostou deste artigo e quer continuar acompanhando nossos conteúdos? Então siga a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades!

Comments

comments