Quando se inicia o processo logístico? Alguns empreendedores podem pensar que essa atividade só começa quando a mercadoria sai do depósito para ser entregue ao cliente, mas esta ideia é equivocada.

A logística perpassa muitos outros processos da empresa. E, para otimizar o processo de entrega e garantir a satisfação do consumidor, é preciso se atentar a todo o ciclo da mercadoria, desde a compra dos insumos até a chegada do produto ao cliente final.

A importância da logística

Você ainda pensa a logística da empresa como um centro de custos? Então, é hora de rever seus conceitos. Afinal, esse segmento vem acompanhando a evolução do mercado. Atualmente, a ideia de que um bom processo de entregas é essencial para garantir a satisfação do cliente já é difundida entre os gestores.

No entanto, não basta dar atenção à logística apenas na fase final da entrega, quando o produto finalmente sai da empresa para chegar às mãos do comprador. Essa etapa, apesar de essencial, representa apenas uma porcentagem das outras etapas que formam a complexa cadeia logística de uma empresa.

Garantir uma entrega satisfatória ao cliente depende da contratação de fornecedores, armazenamento adequado dos itens nos estoques e uma rede de partilha de informações entre todos os setores da companhia.

4 dicas para otimizar o processo de entrega

A logística vem incorporando um leque de atividades que cresce a cada dia. Hoje, esse processo já não representa para as empresas apenas uma função operacional, mas um canal para aplicar estratégias de fidelização da carteira de clientes.

Para transformar a logística em uma vantagem competitiva do seu negócio, é essencial melhorar seu processo de entrega. Por isso, nós selecionamos as melhores dicas para você. Confira:

1. Planeje os processos

A primeira fase para otimizar o processo de entrega da empresa é planejar. Sendo assim, negligenciar esta tarefa pode ser fatal para os negócios. É preciso pensar com cuidado quais estratégias adotar desde o recebimento dos produtos pela empresa até a entrega destes aos consumidores.

Quando você planeja suas estratégias para cada etapa do processo logístico, fica mais fácil identificar gargalos que possam bloquear seu bom desempenho e solucioná-los com a implementação de melhorias.

Também vale investir na roteirização, a fim de determinar os melhores trajetos que seus colaboradores seguirão nas entregas das mercadorias.

2. Prepare a equipe

É importante que a equipe tenha conhecimento do know-how da empresa e receba os treinamentos necessários para que consiga conduzir os processos de entrega. Afinal, são seus colaboradores que cuidarão do recebimento e organização da mercadoria, dos despachos de produtos e do transporte.

É importante determinar normas para que o trabalho aconteça de forma adequada e a equipe consiga atuar em sinergia. Adotando procedimentos para seu time de colaboradores, você evita dúvidas que poderiam surgir ocasionalmente entre eles.

Não pense nesse treinamento como um simples custo, mas como um investimento que permitirá a expertise da sua equipe.

3. Registre e compartilhe informações

Para otimizar o processo de entrega e melhorar toda a sua malha logística, é preciso ter todos os dados necessários à mão, facilitando consultas e a integração dos diversos setores da empresa.

Explicando melhor: o ciclo de todo pedido precisa ser acompanhado de perto pelo gestor e, claro, registrado. Quando essas informações são armazenadas numa plataforma eletrônica de qualidade e toda a equipe tem acesso a elas, os processos funcionam melhor, já que as consultas se tornam mais simples e dinâmicas.

4. Invista nas parcerias

Muitas vezes, a distribuição das empresas falha porque não há uma boa comunicação com seus parceiros. Pense bem: se há qualquer prejuízo no serviço prestado por seus fornecedores, os processos da sua organização também ficam prejudicados. A qualidade contratada pelo consumidor, por exemplo, pode não ser atendida, comprometendo sua reputação no mercado.

Para evitar que esses gargalos prejudiquem seu processo de entrega, invista no alinhamento e na integração de dados com os parceiros. Isso ajudará a identificar rapidamente problemas nas operações e permitirá que os times ajam rapidamente para solucionar os erros e garantir o sucesso das transações.

Gostou das nossas dicas para otimizar o processo de entrega? Então aproveite para compartilhá-las com seus amigos nas suas redes sociais!

Publicidade Zorte

Comments

comments