• 20/04/2024

O piso mínimo do frete sofreu mais uma redução nos valores da tabela de frete mínimo, conforme anunciado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 23 de maio.

A Portaria Suroc nº 11/2023 revela uma variação negativa nos valores devido à queda do preço do Diesel S10 nas bombas, atingindo uma redução de 5,70%.

De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) referentes à semana de 14 a 20 de maio de 2023, o preço médio do Diesel S10 para o consumidor final foi de R$5,46 por litro, o que motivou a ANTT a realizar essa nova redução.

Vale lembrar que a ANTT já havia promovido o quarto reajuste do ano, com uma variação de -5,08% de acordo com a Portaria Suroc nº 8/2023.

Veja abaixo os valores correspondentes ao piso mínimo do frete para cada tipo de operação.

Após a ativação do gatilho, os reajustes médios na tabela de frete foram aplicados da seguinte maneira, de acordo com cada tipo de operação:

Tabela A: Transporte rodoviário de carga de lotação: redução de 2,34%

Tabela B: Veículo automotor de cargas: redução de 2,66%

Tabela C: Transporte rodoviário de carga de lotação de alto desempenho: redução de 2,86%

Tabela D: Veículo de cargas de alto desempenho: redução de 3,21%

Conforme determinado pela legislação, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realiza ajustes na tabela de frete a cada seis meses ou quando a variação no preço do diesel atinge ou excede 5%, o que aciona o mecanismo de gatilho.