• 20/04/2024

Preservar a integridade da carga se coloca como uma das mais exigentes tarefas para os profissionais da área logística. O intricado fluxo operacional, estendendo-se desde a etapa produtiva até a entrega final, frequentemente abrange extensos períodos. Dentro desse contexto, é imperativo enfrentar desafios que abrangem desde o gerenciamento do armazenamento até a movimentação dos materiais, sem deixar de mencionar a habilidosa administração do elemento temporal. Este artigo se propõe a oferecer diretrizes concretas relacionadas a esse tema. Nossa expectativa é que, após a leitura, você esteja apto a implementar medidas de proteção às mercadorias com eficácia e destreza.

Conceda especial atenção à gestão e ao estoque

A forma como você opta por armazenar seus produtos e gerir o estoque desempenha um papel crucial na preservação desses itens. Certos produtos são de natureza perecível, o que demanda uma atenção ainda mais minuciosa. Afinal, se mantidos em estoque por um período excessivo, podem degradar-se e tornar-se inadequados para o consumo.

Já teve contato com o conceito de sistema de armazenagem FIFO? A sigla deriva da expressão em inglês “first in, first out”, que indica que os produtos mais antigos são os primeiros a serem retirados. Esse sistema é particularmente eficaz para empresas lidando com itens de prazo de validade limitado. A estratégia de organização segue um critério claro: o que foi adquirido primeiro tem prioridade na venda.

Além disso, o próprio ambiente de armazenamento deve obedecer a certas diretrizes para assegurar a integridade da carga. É essencial evitar ambientes úmidos, abafados ou com dimensões inadequadas ao estoque. O acúmulo excessivo de produtos em um mesmo espaço pode ocasionar danos. Preste especial atenção às particularidades do seu negócio. Itens como chocolates, flores e medicamentos, por exemplo, exigem condições específicas de temperatura, iluminação e ventilação. Familiarize-se com esses requisitos e mantenha-se vigilante a eles!

Garanta a Escolha Adequada da Embalagem

A seleção da embalagem adequada desempenha um papel crucial no êxito das operações logísticas. Assegurar a integridade da carga envolve a escolha criteriosa da proteção mais indicada, levando em consideração as características específicas de cada material. É fundamental avaliar fatores como dimensões, fragilidade, peso e sensibilidade de cada produto antes de proceder com o processo de embalagem.

A alternativa ideal de embalagem será aquela que harmoniza um custo-benefício favorável com eficiência máxima. Tomemos como exemplo a embalagem de uma máquina de lavar: embalar tal produto em madeira, apesar de proporcionar uma camada extra de proteção, pode tornar o manuseio mais complexo e encarecer os custos de transporte, quando comparado ao uso de materiais como isopor revestido de plástico. A utilização de papelão em ambientes úmidos resultará em danos às mercadorias ao longo do tempo.

No contexto das garrafas de vidro, a abordagem adequada envolve o uso de engradados, plástico bolha, papelão, papel e isopor. Por outro lado, ao tratar dos ovos de Páscoa, é recomendado acomodá-los em paletes ou caixas de papelão, evitando a empilhagem, uma vez que são produtos altamente sensíveis e suscetíveis a danos.

Escolha o Caminhão Adequado para sua Carga

Cada tipo de carga requer um tipo específico de caminhão. Sua responsabilidade é compreender profundamente seu negócio, incluindo a melhor abordagem para proteger seus produtos. Por exemplo, enquanto a carreta rodotrem se destaca no transporte de madeira, a carreta bitrem demonstra maior eficiência no transporte de grãos, carvão e cana-de-açúcar.

Caminhões do tipo toco e truck exibem versatilidade, sendo apropriados para transportar uma variedade de produtos secos. No que diz respeito a bebidas, recomendamos o uso de carrocerias do tipo furgão sider (lonado), que oferecem abertura traseira e lateral, além de capacidade para acomodar paletes. Para produtos como chocolates, carnes e flores, caminhões frigoríficos com isolamento térmico são essenciais.

Neste artigo você conheceu diversas técnicas que contribuem para a preservação da carga ao longo das operações logísticas. Esperamos ter contribuído para incrementar ainda mais seu conhecimento.