Os indicadores de desempenho estão sendo cada vez mais utilizados nos ambientes corporativos. Eles possibilitam que se faça uma mensuração, medição e acompanhamento mais detalhado da performance da área pelo alto escalão da empresa.

Os indicadores de desempenho já viraram rotina em muitas empresas, pois é dessa maneira que os altos executivos conseguem acompanhar as metas e se os resultados estão sendo alcançados.

Na sua empresa, você utiliza KPI para logística para realizar a gestão do seu negócio? No post de hoje vamos falar da sua importância e como implantar na sua empresa. Acompanhe e confira!

Entenda o que são os indicadores de desempenho e como utilizá-los

Indicadores chave de desempenho (em inglês, Key Performance Indicator) são ferramentas que têm como objetivo medir os resultados de uma determinada atividade, processo e meta.

A partir do momento que os indicadores são implantados e começam a serem analisados, eles ajudam a identificar ineficiências nos processos e oportunidades de melhorias que devem ser realizadas.

Os indicadores fornecem informações que dão apoio às tomadas de decisões.

Conheça os indicadores mais utilizados nas empresas

Geralmente as empresas possuem vários tipos de indicadores. Cada um deles possui um objetivo e um público diferente que o acompanha. Conheça alguns deles logo abaixo:

  • indicadores estratégicos: estão integrados com o planejamento estratégico da companhia. Desse modo, é possível acompanhar se os objetivos traçados estão sendo alcançados no prazo proposto e como está o desempenho dos negócios;
  • indicadores de produtividade: são os indicadores operacionais que medem os processos e seus resultados, exemplo: tempo de separação do pedido, tempo de carga/descarga entre outros;
  • indicadores de qualidade: são utilizados para medir a satisfação de um determinado serviço. Por exemplo: Medir a satisfação dos clientes, avaliar o desempenho dos fornecedores;
  • indicadores financeiros: mensuram os custos que envolvem a cadeia logística, como: custo com transporte, armazenagem, avarias entre outros.

Defina os indicadores que serão utilizados na logística

Para definir os indicadores, é necessário que o gestor realize um mapeamento de todos os processos que envolvem a cadeia logística.

Nesse mapeamento os gargalos devem ser identificados e as melhorias implantadas. É importante também, que os processos sejam padronizados, para que todos executem a atividade da mesma maneira e os resultados sejam precisos.

Defina o que será necessário medir e acompanhar na logística. Veja algumas características abaixo para criar bons KPI para logística:

  • frequência de atualização dos indicadores ― diário, semanal ou mensal;
  • metas definidas;
  • fontes confiáveis de extração dos dados;
  • gestão à vista (os indicadores devem ficar em um local a que todos tenham acesso);
  • indicadores de fácil entendimento;
  • planos de ação ― para caso as metas não forem alcançadas.

Utilize a tecnologia para melhorar a gestão dos KPI para logística

Investir em um sistema de logística pode ser uma boa alternativa para garantir a performance dos indicadores.

Hoje em dia, existem várias opções disponíveis no mercado, que já trazem relatórios customizados para fazer os indicadores, ou até mesmo geram automaticamente indicadores mais utilizados pelas empresas, facilitando a geração e o acompanhamento dos dados.

Publicidade Zorte

Gostou do nosso artigo? Tem interesse em ler mais artigos relacionados à logística? Assine a nossa newsletter e fique por dentro!

Comments

comments