Toda empresa precisa focar no crescimento e a otimização dos seus processos. Esta é uma atitude fundamental em qualquer empreendimento. Quando falamos em mudanças nas entregas das transportadoras, a mudança na mentalidade dos consumidores auxiliam nesta evolução, sempre exigindo a melhora das entregas.

Assim, para aumentar a eficiência, são necessários os mecanismos certos, como o indicador global On Time In Full. Porém, você sabe o que é OTIF?

No post de hoje, vamos esclarecer o que é OTIF e como ele pode otimizar a logística da sua empresa. Continue lendo!

Afinal, o que é OTIF?

O On Time In Full (OTIF) é um compromisso que a empresa tem com o cliente. Se é necessário realizar uma entrega em certo tempo, não pode ocorrer atrasos ou adiamentos.

Sendo assim, quando você realiza uma entrega na data prevista, você está on time. Agora, quando é feita uma entrega exatamente na quantidade de mercadorias solicitadas, ou seja, sem faltar nada, pode-se dizer que está in full.

Quais os benefícios do OTIF para a logística da minha empresa?

Este é um ótimo indicador, pois é capaz de avaliar todo o processo de produção, permitindo que você fique totalmente ciente que segue-se um padrão diferenciado de serviço de sua equipe, desde a encomenda até a entrega.

Este simples KPI é um grande aliado que provoca melhoras para todo o seu empreendimento. Ele ajuda a se certificar de que todos os elementos estão em pleno funcionamento, permitindo que o gestor opere com sua total capacidade, a fim de garantir a satisfação do cliente.

Podemos elencar vários benefícios provenientes do indicador OTIF, dentre eles:

  • modificar o pensamento cultural da empresa nas questões de entrega;
  • aumentar a performance de entrega;
  • satisfazer os clientes;
  • aprimorar a percepção dos clientes quanto a eficiência de entrega;
  • instigar melhorias nos processos;
  • elevar a sincronia entre os processos, visando sempre um ciclo enxuto.

Como é o seu processo de implementação em uma empresa?

Muitas pessoas acreditam que essa tarefa pode ser muito onerosa. No entanto, isso não é tão complicado assim. Confira algumas dicas de como implementar o OTIF em sua empresa:

Defina bem as datas de entrega

A sua equipe precisa estar educada e treinada para saber quais compromissos são aceitáveis. Não é possível você prometer uma data que seja inviável, já que acabará atrasando a entrega e gerando insatisfação para o cliente. Outra questão importante é a definição correta das datas: nunca use o popular “o mais rápido possível”.

Assegure-se de documentar o motivo da entrega não ter sido OTIF

Você deve documentar o motivo das entregas feitas não terem sido OTIF. Alguns exemplos são: falta de produto, recepção incorreta, atraso no envio, fora de estoque, produto danificado, entre outros. Assim, ao final de um período, será possível saber qual falha ocorreu na sua empresa para que incidentes como este tenham acontecido, podendo ser a falta de comunicação ágil entre vendas e estoque ou a ausência de informatização.

Sendo assim, para implementar o OTIF, o processo pode ser demorado, devido aos vários procedimentos e dados que devem ser coletados. No entanto, após um período, ele se tornará um indicador benéfico para sua empresa e fácil de acompanhar, gerando agilidade no diagnóstico de seu empreendimento.

E aí, gostou do nosso post sobre o que é OTIF e como ele pode otimizar a logística da sua empresa? Compartilhe este post em suas redes sociais e ajude outros gestores!

Comments

comments