Todo líder de empresa comprometido com suas atividades se preocupa em manter um quadro de profissionais altamente preparados para exercer suas funções. No caso das transportadoras, os condutores dos veículos são peças-chave da equipe de trabalho e, por isso, a capacitação de motoristas é sempre necessária.

Além de servirem para dirigir melhor e conhecer as leis de trânsito, os conhecimentos de um motorista podem contribuir para a redução de custos e até para melhorar a imagem da empresa.

Confira abaixo alguns motivos que justificam o investimento na capacitação desses profissionais.

Redução de custos com a capacitação de motoristas

Infelizmente, as transportadoras são alvo de constantes roubos e furtos de veículos ou carga. Se os motoristas tiverem noção de como identificar uma potencial situação de risco, vão saber agir da melhor forma para evitar que ela aconteça. Com isso, a empresa não terá de arcar com os prejuízos da perda da carga ou do veículo.

Outro custo que pode ser reduzido é o da manutenção do carro. Se os motoristas possuírem conhecimentos de mecânica, serão capazes de lidar com problemas dessa natureza — pelo menos com os mais básicos.

Isso evita dois gastos: primeiro, com o mecânico e, segundo, com futuras reparações caso a situação do veículo piore, devido à inabilidade do motorista de lidar com problemas dessa natureza.

Maior durabilidade do veículo

Como vimos acima, ter noções de mecânica ajuda a manter a durabilidade do veículo, pois, se reparado da forma correta, o dano não vai acarretar novos problemas. Outra ideia para garantir o bom uso dos carros é saber usufruir, de forma adequada, de todas as funcionalidades que ele possui; o que evita estragos desnecessários.

É interessante verificar se as empresas fabricantes oferecem algum curso sobre os carros; assim, a transportadora pode fazer um acordo para que seus funcionários participem de treinamentos desse tipo sempre que adquirir novos veículos.

Publicidade Zorte

Gerenciamento de riscos

O motorista profissional está constantemente exposto a situações de risco, como a de roubo ou furto — já comentadas —, mas também situações que dizem respeito ao transporte de cargas perigosas, transporte de pessoas ou acidentes. É responsabilidade da empresa orientar seus profissionais para que situações assim não sejam prejudiciais.

Os motoristas serão plenamente capazes de lidar com essas rotinas se estiverem bem preparados. Assim, vale a pena pensar em cursos como o de direção defensiva, para que os condutores se livrem dos hábitos de direção que os ponham em risco.

Cursos de reciclagem são recomendados sempre que uma nova norma de trânsito e transporte surgir, como o curso sobre a Resolução 168, que educa para um transporte seguro de cargas e passageiros.

Há, ainda, cursos para fins específicos, como o SASSMAQ, que ensina boas práticas para o transporte de produtos químicos. Cursos de primeiros socorros — para que a vida do motorista, passageiros e outros envolvidos em um possível acidente sejam preservadas em primeiro lugar — são indispensáveis.

Satisfação pessoal e valorização profissional

Ao realizar cursos de capacitação, a satisfação pessoal dos motoristas aumenta em razão do conhecimento adquirido em uma área de grande interesse e importância em suas vidas.

Além disso, eles vão perceber que seu trabalho é valorizado, já que tudo que aprenderem pode ser usado ao longo de suas carreiras.

No fim das contas, ter profissionais bem preparados, satisfeitos e reconhecidos pela empresa pode melhorar a atuação dos motoristas e, consequentemente, aumentar a qualidade dos serviços oferecidos.

Está convencido de que a capacitação de motoristas é essencial para sua transportadora? Então, não deixe de assinar nossa newsletter! Cadastre-se em nosso blog e receba mais conteúdos úteis para sua empresa.

Comments

comments