• 21/05/2024

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 29, um novo ajuste no piso mínimo do frete rodoviário. A atualização contempla todos os segmentos de operações e apresenta variações de aumento entre 3,91% e 5,44%.

Esse realinhamento ocorre em consonância com a variação de 10% no preço final do Diesel S10 ao consumidor, como determina a Lei nº 14.445/2022. Conhecido como “gatilho”, o dispositivo estipula que a tabela seja revisada sempre que houver uma oscilação superior a 5% no valor do combustível, independentemente se o movimento for ascendente ou descendente.

No âmbito específico das operações de transporte de carga lotação, o reajuste médio foi de 3,91%. Para as situações em que a contratação engloba somente o veículo automotor de carga, a média do ajuste foi de 4,46%. Já nas operações de alto desempenho de transporte rodoviário de carga lotação, observou-se um aumento médio de 4,81%.

No caso das operações que envolvem apenas o veículo automotor de cargas de alto desempenho, o aumento médio atingiu 5,44%. Essas alterações refletem o compromisso contínuo da ANTT em manter a equidade e a sustentabilidade no setor de transporte rodoviário de cargas.