• 11/12/2023

O gerenciamento dos pneus de uma frota é uma das principais preocupações dos gestores de frotas no Brasil. Neste contexto, a Zorte Tecnologia elaborou este artigo com o propósito de auxiliá-lo na compreensão desse tema crucial.

O transporte rodoviário desempenha um papel vital na economia do nosso país, dada a vastidão territorial do Brasil. Aprimorar a infraestrutura das estradas é essencial para facilitar o escoamento da produção e garantir o fluxo eficiente de mercadorias. Como resultado, os gestores de frota enfrentam diversos desafios em sua rotina de trabalho.

Esses profissionais devem manter-se atualizados sobre as tendências do mercado e adotar estratégias que visem à redução de custos sem comprometer a qualidade do serviço prestado.

O controle adequado dos pneus da frota assume um papel crucial nesse cenário. Infelizmente, é comum que muitos profissionais não atribuam a devida importância a essa atividade, o que pode resultar em resultados insatisfatórios para a frota.

De acordo com a Associação Brasileira de Engenharia de Produção, cerca de 18,7% dos custos operacionais de uma transportadora estão relacionados ao consumo de pneus.

Portanto, é imperativo que você implemente um eficaz sistema de controle de pneus para sua frota. Este artigo oferece valiosas dicas e orientações sobre o assunto.

Realize um Cadastro Detalhado de Cada Pneu

O êxito de uma empresa, dentre diversos outros fatores, está naturalmente ligado à implementação de um robusto sistema de informações, que inclua um banco de dados meticulosamente atualizado com todos os procedimentos e informações relevantes relacionadas às suas operações e gestão. A ausência de controle sobre essas informações aumenta o risco de tomadas de decisão equivocadas, desalinhadas com a realidade do negócio, e essa lógica não é diferente quando se trata do gerenciamento dos pneus de sua frota.

Para assegurar um controle eficaz dos pneus de sua frota, é imprescindível manter um cadastro completo contendo informações essenciais sobre cada pneu, tais como:

Para assegurar um controle eficaz dos pneus de sua frota, é imprescindível manter um cadastro completo contendo informações essenciais sobre cada pneu, tais como:

  • Modelo;
  • Dimensões;
  • Desenho e marca;
  • Motivo da retirada;
  • Registro do chassi;
  • Chassi base;
  • Número de identificação.

Ao obter um domínio abrangente desses aspectos, você aprimora significativamente sua visão operacional e a capacidade de identificar e solucionar problemas de forma mais eficiente.

Implemente a Prática de Rodízio de Pneus.

Segundo estimativas da Polícia Rodoviária Federal, cerca de 20% dos acidentes ocorridos em rodovias podem ser atribuídos à ausência de pneus de qualidade nos veículos. Considerando as condições frequentemente precárias de nossas estradas, é crucial que você adote um eficiente controle de pneus para sua frota.

O rodízio de pneus é uma prática amplamente recomendada tanto por fabricantes quanto por especialistas. Ela tem o propósito de manter o equilíbrio no desgaste dos pneus, garantir o funcionamento adequado dos componentes da suspensão e reduzir o consumo de combustível em sua frota.

Uma estratégia a ser considerada é a troca dos pneus traseiros pelos dianteiros, levando em conta a rota a ser percorrida e a carga a ser transportada. Isso resulta em uma distribuição mais uniforme das bandas de rodagem, aprimorando o desempenho do veículo.

Além disso, é fundamental analisar minuciosamente as características individuais de cada pneu, já que, em muitos casos, os pneus do eixo de tração tendem a sofrer maior desgaste em comparação aos demais.

Capacite os Motoristas

O papel desempenhado por um coordenador operacional ou gestor de frota é de suma importância para a melhoria dos resultados em empresas de transporte e logística. No entanto, uma equipe sólida e experiente é igualmente crucial para apoiá-lo em suas tarefas diárias. Portanto, é essencial que você promova treinamentos para mantê-los atualizados sobre as tendências de mercado, transmitir conhecimento, reforçar as normas de segurança e familiarizá-los com as melhores práticas e procedimentos da empresa.

Orientar e treinar os motoristas é de extrema importância, por exemplo, para evitar freadas bruscas, incentivar uma condução cuidadosa e dentro dos limites de velocidade permitidos. Além disso, conhecimento aprofundado da legislação de trânsito é um elemento que contribui significativamente para aprimorar o desempenho e a segurança de todos, enquanto otimiza o controle dos pneus da frota.

É crucial utilizar uma linguagem clara e facilmente compreensível para todos os envolvidos. Esteja sempre preparado para esclarecer dúvidas e valorize a opinião de seus colegas em relação às decisões tomadas. Em momentos como esses, o diálogo emerge como a ferramenta mais eficaz para promover a integração da equipe, elevar a satisfação dos clientes e otimizar as operações do dia a dia.

Considere a Recapagem de Pneus, mas com Cautela

A recapagem de pneus, embora não seja sempre a opção mais vantajosa, pode ser uma prática eficaz na redução de despesas, pois permite obter um retorno mais favorável sobre o investimento inicial feito na aquisição de pneus novos. No entanto, é fundamental que esse processo seja conduzido por empresas e profissionais especializados, capazes de garantir a qualidade dos serviços prestados.

É importante manter um equilíbrio e não hesitar em optar pela compra de pneus novos se houver qualquer dúvida sobre a segurança dos pneus recapados. Em tais situações, economizar no curto prazo pode resultar em prejuízos significativos no futuro.

Cuide das Manutenções.

Aqueles que atuam no setor logístico já estão familiarizados com a necessidade constante de manutenções e reparos em suas frotas, não é verdade? Essas atividades desempenham um papel crucial na garantia da segurança tanto dos veículos quanto dos condutores, devendo ser conduzidas de acordo com as exigências do serviço.

Os pneus dos veículos requerem atenção especial, abrangendo tarefas como calibragem, alinhamento e balanceamento. No entanto, é fundamental executar essas atividades com o devido cuidado, seguindo estritamente as recomendações do fabricante. O descuido nesse aspecto pode resultar em um aumento no consumo de combustível e prejudicar o controle dos pneus da frota.

Lembrando que a prática de realizar o alinhamento a cada 10 mil quilômetros percorridos é uma medida preventiva que não apenas reduz o risco de acidentes, mas também estende a vida útil dos pneus. Além disso, esteja atento a situações que indiquem possíveis problemas, tais como:

  • Desgaste irregular dos pneus;
  • Perda de tração nas rodas;
  • Problemas na suspensão;
  • Vibrações e ruídos anormais durante o transporte.

Esses sinais são indicativos de possíveis problemas e demandam uma avaliação imediata das condições dos veículos em sua frota. Lembre-se, adiar a manutenção pode custar caro financeiramente e coloca vidas em perigo.

Utilize a tecnologia a seu favor, implemente um Software de Controle de Pneus para sua Frota

É bem provável que você esteja lendo este conteúdo em um smartphone ou computador, certo? O avanço tecnológico transformou nossa maneira de nos relacionarmos com amigos, familiares e colegas de trabalho.

Atualmente, qualquer pessoa pode acessar um vasto mundo de informações pela internet e outras tecnologias. A indústria logística também se beneficiou dessas inovações, adotando diversas ferramentas para otimizar suas operações.

Um software de gestão logística é uma solução que aprimora o processo de tomada de decisões e oferece controle total sobre sua frota. Ele gerencia todo o fluxo documental e assegura uma gestão financeira eficaz do negócio. Entre as opções disponíveis, os Sistemas de Gestão de Frota se destacam, geralmente incorporando funcionalidades essenciais para o setor. 

Um bom software possui as seguintes características:

  • Cadastro detalhado de pneus;
  • Registro de veículos e equipamentos;
  • Controle de rodízios, recapagens e reparos de pneus;
  • Cadastro de planos de manutenção;
  • Controle de lubrificações e manutenções;
  • Histórico completo de manutenção e utilização de peças;
  • Registro e controle de paradas;
  • Geração de Ordens de Serviço para manutenção;
  • Controle de abastecimentos;
  • Monitoramento do consumo de combustível;
  • Relatórios abrangentes de gestão;
  • Integração com os módulos do software utilizados nos demais setores da empresa;
  • Mobilidade e acessibilidade para consulta de informações em qualquer local.

Os benefícios de adotar um software de gestão logística são diversos e vão além do controle de pneus da frota. Portanto, escolha uma solução que atenda às suas necessidades e expectativas. Além disso, mantenha-se atualizado com as últimas inovações do mercado e esteja preparado para incorporá-las ao seu negócio.